http://3.bp.blogspot.com/_6pp1F6mvwUU/TAxmhFbgUSI/AAAAAAAAB50/ftLuR_LP2U4/s1600/Gaia.jpg

A HISTORIA DE GAIA ...A MÃE TERRA:

Gaia, Géia, Gea ou Gê é a deusada Terra  a Mãe terra como elemento primordial e latente de uma potencialidade geradora quase absurda. Segundo o Hesiodo ela é a segunda divindade primordial, nascendo após Caos.

Tal como Caos, Gaia parece possuir uma natureza forte, pois gera sozinha,Urano Pontos e as Montanhas. Hesíodo sugere que ela tenha gerado Urano com o desejo de se unir a alguém semelhante a si mesma em natureza. Isso porque Gaia personifica a base onde se sustentam todas as coisas, e Urano é então o abrigo dos deuses "bem-aventurados".

Com Urano, Gaia gerou os 12 Titãs após, os Ciclopes e os e HecatonquirosGigantes de Cem Mãos). Sendo Urano capaz de prever o futuro, temeu o poder de filhos tão grandes e poderosos e os encerrou novamente no útero de Gaia. Ela, que gemia com dores atrozes sem poder parir, chamou seus filhos Titãs e pediu auxílio para libertar os irmãos e se vingar do pai. Somente Cronos aceitou. Gaia então tirou do peito o aço e fez a foice dentada. Colocou-a na mão de Cronos e os escondeu, para que, quando viesse Urano, durante a noite não percebesse sua presença. Ao descer Urano para se unir mais uma vez com a esposa, foi surpreendido por Cronos que atacou-o e castrou-o, separando assim o Céu e a Terra.Cronos lançou os testículos de urano ao mar, mas algumas gotas caíram sobre a terra, fecundando-a. Do sangue de Urano derramado sobre Gaia, nasceram os Gigantes as Erinias as Meliadis e Afrodite.

Após a queda de Urano, Cronos subiu ao trono do mundo e libertou os irmãos. Mas vendo o quanto eram poderosos, também os temia e os aprisionou mais uma vez. Gaia, revoltada com o ato de tirania e intolerância do filho, tramou uma nova vingança.

Quando Cronos se casou com Reia e passou a reger todo o universo Urano lhe anunciou que um de seus filhos o destronaria. Ele então passou a devorar cada recém nascido por conselhos do pai. Mas Gaia ajudou Réia a salvar o filho que viria a Zeus Reia então, em vez de entregar seu filho para Cronos devorar entregou-lhe uma pedra, e escondeu seu filho em uma caverna.

Já adulto, Zeus declarou guerra ao pai e aos demais Titãs com a ajuda de Gaia. E durante cem anos nenhum dos lados chegava ao triunfo. Gaia então foi até Zeus e prometeu que ele venceria e se tornaria rei do universo se descesse ao Tartaro e libertasse os três Ciclopes e os três Hecatônquiros.

Ouvindo os conselhos de Gaia, Zeus venceu Cronos, com a ajuda dos filhos libertos da Terra e se tornou o novo soberano do Universo. Todavia, Zeus realizou um acordo com os Hecatônquiros para que estes vigiassem os Titãs no fundo do Tártaro. Gaia pela terceira vez se revoltou e lançou mão de todas as suas armas para destronar Zeus.

Num primeiro momento, ela pariu os incontáveis Andróginos seres com quatro pernas e quatro braços que se ligavam por meio da coluna terminado em duas cabeças, além de possuir os órgãos genitais femininos e masculinos. Os Andróginos surgiam do chão em todos os quadrantes e escalavam o Olimpo com a inteção de destruir Zeus, mas, por conselhos de Têmis, ele e os demais deuses deveriam acertar os Andróginos na coluna, de modo a dividi-los exatamente ao meio. Assim feito, Zeus venceu.

Em uma outra oportunidade, Gaia produziu uma planta que ao ser comida poderia dar imortalidade aos Gigantes; todavia a planta necessitava de luz para crescer. Mas ao saber disto Zeus ordenou que Hélios, Selene e Eos as Estrelas não subissem ao céu, e escondido nos véus de Nix ele encontrou a planta e a destruiu. Mesmo assim Gaia incitou os Gigantes a colocarem as montanhas umas sobre as outras na intenção de subir o céu e invadir o Olimpo. Mas Zeus e os outros deuses venceram novamente.

Como última alternativa, enviou seu filho mais novo e o mais horrendo Tifão para dar cabo dos deuses e seus aliados, mas os deuses se uniram contra a terrivel criatura e depois de uma terrivel e sangrenta batalha, eles conseguem vencer o último filho de Gaia.

Enfim, Gaia cedeu e acordou com Zeus que jamais voltaria a tramar contra seu governo. Dessa forma, ela foi recebida como uma deusa Olímpica.

http://simplesmenteser.files.wordpress.com/2010/11/gaia03.jpg?w=300&h=219

AVE GAIA

Ave Gaia, Mãe – Terra…
Gaia, Mãe Terra, que habita o universo profundo,
Vós que sois banhada pelo astro Rei, és a Rainha-Mãe da Vida!
Refletes em ti a luz da Paz,
És a mais bela entre todos os corpos celestiais!
Santificado Seja teu corpo! Imaculado e fértil!
Tuas veias nos nutrem, são os rios que banham as civilizações.
Teu sangue mantém vivo o nosso sangue!
Oh mãe bendita, que sustenta a toda humanidade,
Desde os primórdios de nossa existência,
Nos acalenta em teus braços.
Santíssimo é o Santuário de tua Natureza,
Que traz os frutos sagrados do teu ventre.
Abençoa os filhos retardatários, pois ainda não estão despertos,
Dai-nos uma nova oportunidade de equilíbrio,
Permita-nos sentir vosso hálito que esparge as sementes,
Permita que teu corpo seja nosso porto seguro,
Que as a águas de teu ventre lavem a nossa alma,
E que o calor de teu coração continue a pulsar,
Vivo em ti, vivo em nós, sagrada mãe!
Que a cada dia, sejamos agraciados,
Pelo desabrochar de uma flor.
Que nós também possamos neste processo,
Despertar nossa verdade interior.
Nos elevar pelo canto dos pássaros,
Nos inspirar na simplicidade dos animais,
Nossos irmãos menores.
Exaltada seja a beleza sinuosa de tuas cordilheiras!
São como berços que contém a todos.
Benditas sejam vossas lágrimas, que derramas sobre nós!
São a nossa esperança nos dias áridos.
E que para o todo sempre, sejam vossas florestas,
As guardiãs de nosso futuro.
E que assim seja,
Para toda Eternidade!